LEI 1204 ALTERA A LEI 1.069 DE 20/09/93, CRIANDO O CARGO DE COORDENADOR DO PRÉ-ESCOLAR NO QUADRO DE PROVIMENTO EM COMISÃO.

ANTE/PROJETO DE LEI Nº 035, 14 de fevereiro de 1997.
LEI Nº 1204 de 24 de fevereiro de 1997.
ALTERA A LEI 1.069 DE 20/09/93, CRIANDO O CARGO DE
COORDENADOR DO PRÉ-ESCOLAR NO QUADRO DE
PROVIMENTO EM COMISÃO.
A CÂMARA MUNICIPAL DE POÇO FUNDO aprovou e eu
Prefeito Municipal promulgo e sanciono a seguinte lei:
Art. 1º -Fica o Poder Executivo autorizado a acrescentar ao
anexo I art. 7º da lei 1069 de 20/09/93 o cargo de coordenador(a) do
pré-escolar, com a seguinte denominação: nº vagas 01, nível 05.
Art.2º -O coordenador será responsável pelo seguinte
expediente:
A – Planejar, executar e avaliar, sistematicamente a ação
pedagógica, juntamente com o corpo técnico administrativo e
pedagógico;
B – Ser elemento de ligação entre diretoria e demais serviços
do estabelecimento;
C – Assessorar as professoras na escolha e utilização dos
procedimentos e recursos didáticos mais adequados;
D – Orientar as professoras as estratégias mediante as quais, as
dificuldades identificadas possam ser trabalhadas em nível
pedagógico;
E – Realizar a avaliação de desempenho dos professores,
identificando as necessidades individuais de treinamento e
aperfeiçoamento;
F – Identificar as manifestações culturais características da
região e incluí-las no desenvolvimento do trabalho da escola;
G – Carga horária de 4:00 (quatro) horas por dia.
Art. 3º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 4º – Revogam-se as disposições em contrário.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.
PREFEITURA MUNICIPAL POÇO FUNDO, em 14 de
fevereiro de 1997.
Carlito Ferreira Jesuína Ramos Abrahão
Prefeito Municipal Secretária Municipal
JUSTIFICATIVA:
Senhores Vereadores esse projeto é de
grande necessidade, pois temos 15 salas de pré-escolar e
trabalhamos em parceria com o Estado. Aconteceu em 1996, a
municipalização do pré-escolar em Poço Fundo, não aconteceu a
construção de uma escola. Os 350 a 400 alunos estão espalhados
pelas escolas Estaduais da cidade.
Obviamente existe a necessidade de um
coordenador com prática, experiência, habilitação em pré e
supervisão para garantir o sucesso do trabalho da pré-escola que é
justamente o sustentáculo da vida escolar do aluno.
O professor também necessita de um
ponto de apoio para passar suas dificuldades que serão sanadas pelo
coordenador.
Com a construção de uma escola
municipal de pré-escolar, pois a escola automaticamente terá o seu
diretor, supervisor, etc.
Por enquanto faz-se necessário o
coordenador de pré – escolar.
Contamos com a compreensão dos
nobres Vereadores.
CARLITO FERREIRA- PREFEITO MUNICIPAL