PROJETO DE LEI QUE VISA FRACIONAR A DEVOLUÇÃO DE SALDO REMANESCENTE DA CÂMARA PARA QUE O EXECUTIVO POSSA UTILIZÁ-LO NO AUXÍLIO AO HOSPITAL DE GIMIRIM SERÁ VOTADO NESTA SEGUNDA-FEIRA

A Câmara de Vereadores de Poço Fundo vota, na Sessão Ordinária desta segunda-feira (22), um projeto de lei que visa consignar, por intermédio de instrumento normativo, prerrogativa inerente ao Poder Legislativo, no que concerne à devolução de saldo remanescente – ou seja, não utilizado pela Câmara – ao Poder Executivo durante o exercício financeiro.

Desta forma, com o advento do referido projeto, pretende-se autorizar o repasse do saldo remanescente da Câmara ao Poder Executivo seja feito de forma mensal, de modo que o Executivo possa ter em caixa mais recursos durante todo o ano, continuadamente, a serem aplicados nas atividades essenciais à população poço-fundense, em especial, para auxílio financeiro ao Hospital de Gimirim e manutenção da prestação dos serviços básicos de saúde.

A referida medida foi apresentada pelos componentes Mesa Diretora, vereadores Glauco Ferreira (presidente), Francisco Tobias Martins Júnior, o “Amaral” (vice) e João Adair de Carvalho, o “Dário Fernandes” (secretário), e será avaliada e votada na reunião desta segunda-feira. Outros assuntos também serão discutidos na ocasião.

Author: Câmara Municipal